Feriasviagens’s Blog

Just another WordPress.com weblog

Coihue el Abuelo

Os bosques que vimos em Bariloche e nessas vilas do sul da Argentina tem difierentes tipos de árvores, de diferentes origens, cores e tamanhos, o que faz com que cada um desses bosques seja especial e diferente dos outros. Quer dizer que, se bem em muitos lugares tem bosques, lagos, quedas de água e montanhas, não são iguais e cada um tem seu encanto e particularidade. Não é como ver sempre o mesmo, é como ver diferentes opções para conformar um paraíso.

Por exemplo, o bosque de Arrayanes – um dos únicos bosques exclusivos dessas árvores que ficam no mundo – tem essas bonitas árvores de tronco vermelho com pintas brancas e casca suave. Outra árvore, que é tipica da região é o Coihue. Tem muitos bosques de cohiues por ali. E em Villa La Angostura tem um passeio lindo para fazer atravessando um labiríntico bosque de canas de coihue, até chegar ao ponto em que se encontra um imenso Coihue de 500 anos! Por isso leva o nome de Cohiue El Abuelo (o avô). É tão grande que para abraçá-lo se precisam entre 8 e 10 pessoas. Como sempre nesta região, desfruta-se muito do caminho até chegar ao destino. Meu marido e eu fizemos essa caminhada e gostamos muito.

junho 28, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

O Arrayan do Amor

Procurando mais informação para aproveitar ao máximo a próxima viagem que esperamos fazer a Bariloche, e conhecendo mais sobre esse lugar tão bonito chamado Villa la Angostura, fiquei sabendo de outro passeio lindo. Mas o que chamou a minha atenção foi o nome de um dos pontos de interesse, o “Arrayan del Amor”.

Quando se faz a excursão pela península de Quetrihué, pode-se voltar por um velho caminho que atravessa uma região chamada “Selva Triste”, que vai à direita do cais municipal. Aproximadamente aos 600 mts, encontra-se uma lagoa, a “Laguna Verde”, e uma senda com exuberante vegetação típica da região, que dependendo da época do ano pode exibir diferentes cores, sempre verde, às vezes vermelho e amarelo. É indo por ali, que se encontra o chamado “Arrayan del Amor”, e leva esse nome porque está abraçado a um cipreste. Quando fiquei sabendo disso, procurei imediatamente alguma foto, e encotnrei aqui uma muito bonita http://www.flickr.com/photos/meg78/1479411967/

É claro, é um lugar tão inspirador por sua beleza natural, que não é raro que o amor surja até entre as árvores!

junho 25, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Península de Quetrihué

Outro passeio para fazer desde Villa la Angostura, lá no sul da Argentina, é pela Península de Quetrihé. Essa península é como um braço cumprido que entra no lago Nahuel Huapi. E uma coisa muito interessante é o que tem no fim da península.

Lembram quando contei da nossa bonita excursão que fizemos de barco até o Bosque de Arrayanes, o bosque onde Walt Disney se inspirou para fazer o filme Bambi, e que fomos quando estivemos em Bariloche? Bem, se você pega o caminho da península de Quetrihé e vai até o fim, chega a esse bosque maravilhoso! O percurso pode ser feito a pé, a cavalo ou de bicicleta. E tem no trajeto uns mirantes com vistas panorâmicas maravilhosas do lago e das montanhas.

De um deles pode se observar o lago Nahuel Huapi e seus braços Machete, Rincón e Última Esperança; a Bahía Brava, a ilha Fray Menéndez e a cordilheira do Andes, que faz o limite com o Chile.

Depois tem outros dois pontos donde podem se apreciar outros pontos bonitos do lago e da vila.

Vale a pena fazer esse passeio. Além, nós gostamos muito de caminhar quando visitamos lugares de tanta belaza natural.

junho 25, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fim de um dia especial

Já muito cansados a volta de barco foi bem tranquila. Foi um passeio incrível e maravilhoso. A Cascada de los Cántaros é muito bonita e a paisagem que a rodeia é uma beleza. O bosque ou selva valdiviana possui uma vegetação exuberante de múltibles estratos, com lianas e tudo. O que torna a caminhada pelo meio dessa exuberância um momento intenso. Além, o barolho da água caindo. Uma beleza mesmo.

100_3573

E a gente também pensava que no dia anterior tínhamos estado em outro bosque totalmente diferente, o Bosque de Arrayanes, comformado por árvores de troncos vermelhos com pintas brancas. Alguns muito altos e largos e outros pequeninos ainda. Com a casinha de Walt Disney no meio. E por todos os lados, as montanhas e os lagos. É um paraíso esse lugar. As crianças adoraram.

Quando voltamos, estávamos muito cansados e não tínhamos vontade de cozinhar. Bebemos algumas coisas quentes no apartamento, enquanto os meninos assistiam à televisão. Estavam tão cansados, mas contentes e relaxados, que de jeito incrível, ficaram sossegados um tempinho. Depois tomamos um bom banho quente. Aí lembrei da funcionária da Royal Holiday que me recomendou que pegasse esse apartamento em Aldea Andina porque éramos muitos e tinha dois banheiros, quanta razão ela teve! 

E fomos jantar ao restaurante do hotel, a gostosa comida da Dona Olga.

junho 21, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cervejas de Bariloche

Um dado que não pode faltar dessa viagem a Bariloche, no sul da Argentina, é informação sobre a cerveja regional. Tem uma cervejaria que não só vende mas também fabrica a cerveja artesanal. Tem diferentes tipos de cerveja: lager, bock, mais amargas e mais doces, entre outras, mas o que também tem e que foi uma novidade para nós é uma cerveja saborizada com framboesa. Meu cunhado não gostou tanto assim porque ele prefere a cerveja bem forte e amarga, que também vendiam ali, mas minha irmã e eu adoramos. É muito gostosa e não é tão amarga. Acho que tem outras fábricas de cerveja por ali, mas nós só conhecemos esta. Seu nome é “Cerveceria Blest Bariloche” e fica na Av. Bustillo 11600. Como está localizada no meio do percurso entre o hotel e Puerto Pañuelo, quando voltamos da excursão de barco ao Bosque de Arrayanes e Ilha Victoria, passamos por ali. Na verdade estávamos muito cansados como para descer todos do carro, com as crianças esgotadas de tanto andar, e beber alguma coisa ali. Assim que compramos as cervejas e as levamos para o hotel.

Encontrei dados sobre outras cervejarias nesse site, http://www.bariloche.com/empresas.asp?cate=CERVECERIAS&viene=primera&new=yea, mas acho que muitas são bares mas não fabricam a cerveja. De fato em muitos bares e restaurantes de Bariloche vendem a cerveja da cervejaria Blest.

junho 17, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens | , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Bosque de Arrayanes

Desta vez sim, depois de jantar, fomos para a cama cedo para acordar bem cedinho no dia seguinte e fazer o passeio de barco. Decidimos começar com o passeio pelo Bosque de Arrayanes e a Ilha Victoria.

Já tínhamos reservado as vagas para o passeio no dia anterior, fizeram a reserva desde o hotel mesmo, foi só comentar à recepcionista e ela tomou conta de tudo. Chegamos bem a Puerto Pañuelo, um pouco preocupados pelos meninos, pois fazia realmente muito frio, mas a vantagem era que talvez ia nevar.

Uma vez dentro do barco, ficamos mais tranquilos, pois estava bem quentinho. Iniciamos o passeio pelo lago Nahuel Huapi, que beleza!!

Meu marido e meu cunhado sairam para dar de comer às gaivotas, tiraram fotos e entraram novamente. Passamos por uns ilhotes e vimos as monanhas da Cordilheira dos Andes desde o barco. Que maravilha!!

Chegamos ao “Bosque de Arrayanes”, que árvores tão bonitas, de uma cor vermelha particular, que lugar mágico. O mesmo deve ter pensado Walt Disney, pois ali fez o filme Bambi, e a gente pode ver a “casinha de Disney”  no final do passeio.

As minhas fotos sairam um pouco escuras, pois tirar fotos dentro de um bosque não é tão simples assim, mas vejam que lindas as que aparecem em http://images.google.com.br/images?hl=pt-BR&q=bosque+de+arrayanes&lr=lang_pt&um=1&ie=UTF-8&ei=BTlSSprsDdWGlAfO2ryUDQ&sa=X&oi=image_result_group&ct=title&resnum=1

Na verdade é um passeio lindo e imperdível, e ainda faltava visitar a Ilha Victória.

junho 17, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens | , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários