Feriasviagens’s Blog

Just another WordPress.com weblog

Rio Correntoso

Um dos lugares que sim visitamos mas numa das viagens que fizemos antes a Bariloche, foi o Rio Correntoso. Quando saímos de Villa la Angostura, pelo caminho dos 7 lagos, um dos lugares mais bonitos que visitamos foi esse Rio Correntoso e o lago que tem o mesmo nome.

É um rio muito curto, que leva as águas do “Lago Correntoso” ao lago Nahuel Huapi. Tem ali uma ponte, da qual se tem outra vista maravilhosa desse paraíso. Linda demais! Vejam que linda foto tem aqui http://www.flickr.com/photos/aferrari/2202418080/ desse lugar. Tem de um lado o lago Nahuel Huapi, rodeado de cerros e bosques e do outro o lago Correntoso.

Toda essa região é bonita, maravilhosa mesmo, eu digo novamente que dá vontade de morar lá. A gente olha para algum lugar e tem a certeza de que está deixando de ver alguma outra coisa espetacular, e é assim mesmo. Vira a cabeça e vê outra paisagem que o deixa sem fôlego. É um presente para os olhos e o espírito trás outro.

junho 25, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Uncategorized, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

O Arrayan do Amor

Procurando mais informação para aproveitar ao máximo a próxima viagem que esperamos fazer a Bariloche, e conhecendo mais sobre esse lugar tão bonito chamado Villa la Angostura, fiquei sabendo de outro passeio lindo. Mas o que chamou a minha atenção foi o nome de um dos pontos de interesse, o “Arrayan del Amor”.

Quando se faz a excursão pela península de Quetrihué, pode-se voltar por um velho caminho que atravessa uma região chamada “Selva Triste”, que vai à direita do cais municipal. Aproximadamente aos 600 mts, encontra-se uma lagoa, a “Laguna Verde”, e uma senda com exuberante vegetação típica da região, que dependendo da época do ano pode exibir diferentes cores, sempre verde, às vezes vermelho e amarelo. É indo por ali, que se encontra o chamado “Arrayan del Amor”, e leva esse nome porque está abraçado a um cipreste. Quando fiquei sabendo disso, procurei imediatamente alguma foto, e encotnrei aqui uma muito bonita http://www.flickr.com/photos/meg78/1479411967/

É claro, é um lugar tão inspirador por sua beleza natural, que não é raro que o amor surja até entre as árvores!

junho 25, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Península de Quetrihué

Outro passeio para fazer desde Villa la Angostura, lá no sul da Argentina, é pela Península de Quetrihé. Essa península é como um braço cumprido que entra no lago Nahuel Huapi. E uma coisa muito interessante é o que tem no fim da península.

Lembram quando contei da nossa bonita excursão que fizemos de barco até o Bosque de Arrayanes, o bosque onde Walt Disney se inspirou para fazer o filme Bambi, e que fomos quando estivemos em Bariloche? Bem, se você pega o caminho da península de Quetrihé e vai até o fim, chega a esse bosque maravilhoso! O percurso pode ser feito a pé, a cavalo ou de bicicleta. E tem no trajeto uns mirantes com vistas panorâmicas maravilhosas do lago e das montanhas.

De um deles pode se observar o lago Nahuel Huapi e seus braços Machete, Rincón e Última Esperança; a Bahía Brava, a ilha Fray Menéndez e a cordilheira do Andes, que faz o limite com o Chile.

Depois tem outros dois pontos donde podem se apreciar outros pontos bonitos do lago e da vila.

Vale a pena fazer esse passeio. Além, nós gostamos muito de caminhar quando visitamos lugares de tanta belaza natural.

junho 25, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Queda d’água em Villa la Angostura

Nessa vila bonita, também podem se fazer muitas excursões para apreciar a natureza da região. Uma delas, que nós não fizemos mas que espero profundamente fazer na nossa próxima viagem já que é particularmente bonita, pelo menos para mim que gosto do barulho das águas correndo no meio de um bosque, é a excrusão que se faz para ver as quedas de água Santa Ana e Dora.

É uma excrusão que leva várias horas, aproximadamente 5,  assim que é para lhe dedicar um dia das férias, e tem que se fazer obrigatoriamente com um guia.

A primeira parte se faz de carro, e depois de atravessar a alfândega Argentina continua-se mais um pouco pelo caminho da cordilheira, entre a vegetação típica, exuberante, variada e colorida da região, até um ponto, passando um arroio, em que tem que continuar a pé.

Ali, continua-se o percurso por pequenas sendas no bosque, entre a vegetação e toda a beleza do lugar, até a primeira queda, a cascata Dora, dizem que é bonita demais, e que quando a gente pensa que já experimentou o melhor que podia acontecer, ainda falta o paraíso, o salto Santa Ana. Depois de admirar a cascata, continua-se caminhando mais um pouco até que começa a se ouvir novamente o barulho da água caindo, até que se chega a Santa Ana, e vê-se a água branca, cristalina, caindo de 50 mts de altura, entre a maravilhosa vegetação.

Tem informação e fotos desta excursão em http://www.laangostura.com/excursiones/index.asp?main=excursiones.htm

Esta é sem dúvida uma das excrusões que vamos fazer na próxima viagem a Bariloche e Villa la Angostura.

junho 25, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Villa la Angostura

Eu disse que esse lugar, Villa la Angostura, que fica bem próximo de Bariloche, merecia uma menção especial por sua beleza e seu encanto.

É uma pequena vila de montanha, que está em constante crescimento, coisa que não é esquisita pois quando a gente está ali tem vontade de ficar morando lá o resto da vida. E digo isso ainda que eu goste mais do calor do que do frio. Ia dizendo… é uma vila de montanha localizada na parte norte do lago Nahuel Huapi. A vista do vale, entre as montanhas e na orla do lago é impressionante. E a vila, o centro da vila, é bonito demais. Tem lojas e casinhas feitas com madeira. Eu dizia que parece de Alice no país das Maravilhas, porque, por exemplo, tem na porta da casa de chá, e anunciando justamente que é uma casa de chá, uma chaleira imensa feita em uma peça de madeira. O teto da galeria exterior da casa de  fotografia é segurado por dois homens, um a cada lado da porta, em tamanho natural, também feitos em uma peça de madeira. Nas portas das casas, tem umas casinhas bonitas de madeira, que parecem casas para brincar de bonecas. E na verdade é o lugar onde botam o lixo, sobem o teto e deixam as sacolas. Quase que não acreditava no que estava vendo.

É um lugar maravilhoso, que enche os olhos de beleza. Tomara que possam visitar algum dia,  e se já foram, que possam voltar.

junho 25, 2009 Posted by | Argentina, Bariloche, Férias e viagens, Viagens, Villa la Angostura | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário